Gestão de Contratos: Dicas importantes para evitar problemas

Gestão de Contratos: Dicas Importantes para Evitar Problemas

Desde que montei minha empresa, há um ano e meio, prometo toda sexta-feira que, na segunda-feira, seguinte irei organizar todos os contratos, sem exceção. Virou tipo a lenda do regime, sabe? Segunda-feira, Dia Internacional de Quebrar a Promessa Sobre Dieta/Organização de Contratos.

Mas deixar a papelada jogada por aí pode gerar um problema enorme para a empresa. Meu amigo, advogado, me disse que, basicamente, uma gestão mal feita desses papeizinhos chatos pode acabar com minha empresa de um dia para o outro, porque posso abrir espaço para quebras de acordo sem nem notar. Além disso, temos que sempre ter noção de quando um ou outro desses documentos vai expirar. Além disso, eles, basicamente, devem estar em todas as vidas combinadas, devem ter sido assinados por todas as partes e devem conter o detalhamento das atividades, com direitos e deveres de ambos os lados.

Nós, que somos empreendedores, nem em sonho temos departamento jurídico no início da nossa vida corporativa e acabamos (quem nunca?) confiando nos modelos de contrato baixados da internet. E pronto – o que vale é o cliente.

Mas contrato não é apenas um pedaço de papel. Andei pesquisando sobre o tema e descobri que existe toda uma metodologia para tratar deste tema, é o chamado Contract Lifecycle Management (CLM).

Segundo as informações sobre o tema, três contratos são imprescindíveis para a empresa:

  • Início da Empresa: contrato social
  • Vida da Empresa: contrato com clientes, fornecedores e funcionários
  • Fim da empresa: distrato

A gestão eficiente do ciclo de vida dos contratos da empresa é seu maior bem organizacional. Os principais motivadores de uma gestão bem-feita desta área são:

  • Executar o objeto;
  • Evitar multas;
  • Minimizar dúvidas;
  • Reduzir a necessidade de demandas judiciais;
  • Minimizar o desgaste do gestor do contrato no caso de demandas judiciais;
  • Manter clima favorável entre contratante e contratada, evitando desgaste do gestor do contrato.

Eu, na minha arrumação, vi que existem alguns contratos a vencer – e é neles que vou me focar para tentar renovar os serviços.

E você, o que você faz com seus contratos? Como os gere?

Clique no botão abaixo e faça um teste na Santo Contrato!

 

About The Author

Marcel Boff

Sócio Fundador e CEO da Santo Contrato é advogado e especialista em métodos ágeis de desenvolvimento de negócios.

Deixe seu comentário